Becca Fitzpatrick fala sobre Finale ao site O Globo!

Entrevista feita pelo Megazine do site O Globo:

Era para ser o livro que fecharia a série “Hush, hush”, mas a autora Becca Fizpatrick resolveu transformar “Silêncio” em um prelúdio antes do aguardado final. Agora, a protagonista Nora tenta entender o que aconteceu nas onze semanas em que passou sequestrada. E ainda precisa processar as mudanças que aconteceram em sua vida: por que sua mãe está namorando o pai de sua maior inimiga? Quem é Jev, o cara que a salvou do anjo caído [nefilin na verdade] Gabe, mas que provoca estranhas reações nela?

É nesse tom de resolução de enigmas que “Silêncio” prepara o terreno para “Finale” o último livro da série que (atenção, fãs) já está escrito. Por isso, não adianta xingar muito no Twitter: o final, guardado a sete chaves, já está definido. Em entrevista exclusiva a Megazine, por e-mail, Becca conta por quê decidiu adiar o ponto final por mais um livro, o que vem por aí em “Finale” e até comenta a preferência do público por Patch e não pela mocinha Nora: “quem não ama um sexy bad boy?”.

A Megazine, em parceria com a Editora Intrínseca, vai sortear no Twitter dois kits com os três livros da série já lançados: “Sussurro”, “Crescendo” e “Silêncio”. Para participar, siga a gente (@RevistaMegazine) e confira as regras da promoção!

O GLOBO: “Silêncio”, o terceiro livro de “Hush, hush”, seria o último da série, mas agora haverá um quarto. Por que você decidiu escrever mais um?

BECCA FITZPATRICK: Quando eu terminei “Silêncio” eu simplesmente senti que a história de Patch e Nora não tinha terminado. E eu também queria escrever um livro que se passasse durante o Cheshvan. Ele é mencionado tantas vezes nos outros livros que eu pensei que era necessário dar aos leitores uma ideia de como era viver nesse período.

OG: Houve uma grande expectativa sobre “Silêncio” devido a maneira como “Crescendo” termina. Como você lida com a pressão dos fãs, ainda mais agora que está escrevendo o quarto e último livro da série?

BECCA: As expectativas dos meus fãs para esse último livro são muito altas, e isso assusta. Eu tento ficar focada na história e nos personagens e fazer o melhor que eu posso.

OG: Você interage bastante com os fãs na internet. Como isso afeta o seu trabalho ou o destino dos personagens nos livros?

BECCA: Eu amo conversar com os fãs e ouvir o que eles acham da história, é uma das coisas mais recompensadoras de ser uma autora. Na verdade, eu escrevi a maior parte de “Finale” antes mesmo de anunciar que haveria um quarto livro. Então, como eu já sabia o fim da história, a opinião dos leitores não influenciou no resultado.

OG: Nos livros, você evita apontar alguém como bom ou mau. É comum os leitores uma hora adorarem um personagem e depois o odiarem. Você faz isso de propósito?

BECCA: Todo mundo erra ou toma decisões erradas às vezes, ninguém é completamente bom ou mau. Torço para que os personagens reflitam as pessoas da vida real, de certa maneira.

OG: A que você atribui o sucesso de Patch entre as fãs, mais até do que Nora?

BECCA: Quem não ama um sexy bad boy?

OG: O que você pode adiantar para os fãs brasileiros de “Finale”, o último livro da série?

BECCA: “Finale” se passa durante de Cheshvan e os conflitos são grandes, já que os anjos caídos e os nephilim estão em guerra. E nessa época Patch está em apuros quando um antigo inimigo começa a caçá-lo.

OG: Nos últimos anos, vários livros de adolescentes com temas sobrenaturais foram lançados. Para você, qual o diferencial de “Hush, hush”?

BECCA: A saga mistura ação e terror, mas também traz diferentes gêneros como ação, suspense, mistério, romance. Há um pouco de cada coisa para todo mundo.

Gostaram do enredo de Finale? Eu adorei! *.*


0 comentários:

Postar um comentário

 

Siga no G+

Twitter

Facebook